ÁGUIA – Consultoria Hoteleira Especializada

Dificuldades são para Profissionais

FEEDBACK Você sabe Dar? – Parte II

Trago da postagem de:Marcos Frade Já que esta é a continuação de: Vc Sabe dar FEEDBACK I

Tenho hoje uma Convicção – não uma verdade – de que realmente só existe um único pecado que qualquer profissional pode cometer nenhum Exercício de cargos de liderança:

NÃO DIZER, DE FORMA EXPLICITA, CLARA E DESCRITIVA, COMO PERCEBE E SENTE OS DESEMPENHOS E OS Comportamentos DAS PESSOAS COM QUEM TRABALHA.

Todos nós temos um discurso fácil ao afirmar que é imprescindível haver respeito e toda a Consideração com as pessoas com quem convivemos, quer no plano pessoal ou profissional. Pensar e falar são coisas extremamente fáceis.

O grande desafio está não agir, não fazer, no praticar aquilo que se diz ou pensa como sendo o certo, o correto nas relações entre as pessoas. Não VALEMOS pelo que pensamos, mas sim pelo que fazemos realmente.

Tenho constatado base como, no mundo real, que A maioria das pessoas deixa de se manifestar sobre como percebe e sente o comportamento das pessoas com quem convivem. A racionalização por não dizer nada é Baseada nenhum argumento de que, ‘afinal, ninguém é perfeito’ e vai acumulando insatisfações, com reflexos inevitáveis nas relações.
Acrescento que o pior tipo de relacionamento que podemos praticar com as pessoas com quem trabalhamos e vivemos é o do silêncio. O silêncio fala por si só. Diz muita coisa, e gera uma relação de paranóia, muita ansiedade e enorme frustração. Dizem que as pessoas admitem boas ou más notícias, detestam surpresas.

Tomo a liberdade de recorrer um artigo escrito por Eugenio Mussak, na revista Vida Simples. Ele é enfático ao afirmar que feedback é uma questão de respeito e Consideração para com a outra pessoa.

Chego à conclusão de que só damos feedback para as pessoas que respeitamos e gostamos.

Dar e receber feedback são questões básicas duradouras e essenciais para uma Existência em uma relação saudável, principalmente, respeitosa.

Considero oportuno lembrar, também, que todas as coisas que prestamos atenção Tendem a crescer. Se olharmos, tão somente os aspectos negativos de alguém, esses Tendem a crescer aos nossos olhos.

O inverso também parece ser fatal. Se dirigirmos nossas observações a respeito das questões positivas que todos nós temos, existe uma grande Possibilidade delas também crescerem.

Em síntese: sugiro que façamos um exame de consciência profundo nas diversas relações que mantemos. Se pergunte com bastante freqüência: Será que estou “roubando” de alguém alguma informação ou percepções que podem lhes ser úteis para o seu crescimento profissional e pessoal?

17/02/2010 Posted by | Administração, Aguia, Alertas, educação, Etiqueta | , , | 1 Comentário